Livro do Espelho (Jann, 01)

Por muito tempo eu fiquei perdido, acredito que seja muito tempo. Pois la onde eu lá estava, eu não podia ver e nem sentir nada. Só o vazio.
Estive em um lugar vazio e sem vida e por anos eu só pensava em como sair dali, quando eu estaria vivo novamente ou até, se um dia eu iria voltar a viver.

Lembro que naquele vazio, eu ficava horas pensando em toda a minha vida. Acho que fiquei noites em claro, mais onde eu estava não tinha noção do tempo.

Não existia sol nem lua, frio ou calar, cheiro ou ar. Era apenas eu em um imenso vazio. Lembrando de tudo que ja vivi.

Eu não via o tempo passar, mas sabia que o tempo estava continuando sem mim. O relógio nunca para.

Com o passar do tempo, eu fui perdendo minha memória. As minhas mais doces lembranças foi esquecida. Todos os meus sorrios e lágrimas foi tirado de mim, naquele lugar.

A cada minuto uma memória minha era roubada. E eu fui esquecendo tudo que ja vivi. Perdi todos os cheiros e sabores.

Cada minuto da minha vida, foi apagado. E tudo que um dia eu ja fui. Foi reduzido em nada. Eu só lembrava que um dia eu vivi.

Eu queria andar descalço para sentir a areia em meus pés. Eu queria voltar a sentir a chuva caindo em meu corpo. Queria a luz do sol aquecendo minha pele.

Tudo que eu queria, era estar vivo. Sentir os pequenos prazeres e voltar a respirar a cada dia.

Os momentos mais belos da vida está nos pequenos detalhes.

-Jann, Ricardo.

Viva e deixe viver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s